Tamanho da Fonte: Diminuir a fonte Aumentar a fonte
Contraste: Alterar o contraste
Filtre por seção
 
  • Prefeitura
  • Cidadão
  • Empresa
  • Cidade
  • Transparência
  • Notícias

Integrantes da Melhor Idade de Cravinhos participam de curso de genética da USP

Muitos estudarão anos para prestar vestibular para algum curso da USP (Universidade de São Paulo), entretanto poucos conseguirão ser aprovados, outros tentarão diversas vezes e nunca conseguirão obter o êxito. Mas tem um grupo de Cravinhos que está com o sorriso de “orelha a orelha”, isso porque eles ganharam uma grande oportunidade em suas vidas, ingressar no Projeto “Universidade da Melhor Idade”.

E o mais emocionante disso tudo que eles tem mais de 60 anos, e quando acharam que ficariam em casa jogando conversa fora, cuidando dos netos ou ainda em seus afazeres domésticos, apareceu na vida de cada um deles o Centro de Referência do Idoso (CRI) de Cravinhos, o qual lhes proporcionou ingressarem aos bancos universitários.

“Essa foi uma parceria com a USP de Ribeirão Preto, que vem de encontro aos direitos dos idosos, assim cumprindo o papel de socialização e inclusão”, diz a assistente social do CRI de Cravinhos, Kátia Coccio.

Essa parceria foi possível devido ao Projeto “Universidade da Melhor Idade”, que é desenvolvido pela USP, sendo que para Cravinhos foi qualificado o curso de “Genética para a Terceira Idade: a melhor idade para quem gosta de aprender”, dentro do grupo socioeducativo “Trocando Ideia”, que tem como participante a assistente social do CRI, Kátia Coccio.

O principal objetivo do projeto é trazer a troca de experiência entre o jovem e o idoso com a formação e aprimoramento constante para a terceira idade por meio da aquisição de novos conhecimentos. Os idosos participaram das aulas durante uma semana, e aprenderam diversos temas, entre eles “O que é genética”, “Prática da extração do DNA de morango”, “Identificação genética: crimes, desastres, paternidade e ancestralidade”, “Prática de laboratório: análise e exames moleculares”, “Reprodução humana”, “Aprendendo sobre o desenvolvimento embrionários”, “Reprodução assistida: do bebê de proveta aos animais clonados”, “Prática de fertilização in vitro”, “Criança é o pai do homem: estudo de coortes”, “Nutrição e genética”, “Genética e Câncer” e Prática de leitura de rótulos alimentares”.

“Foi muito emocionante descobrir o DNA do morango na prática. Poder utilizar o microscópio e aprender muito”, revela a aluna Lúcia Spadafora.

Apesar dos idosos sempre buscarem estar atualizados diante dos acontecimentos ao seu redor, o estigma perante o envelhecimento situa-se como um grande empecilho para a sociabilização das pessoas mais velhas.

“Os professores são muito atenciosos e queremos mostrar ao jovens que eles não podem deixar de acreditar em seus sonhos e vontades. Queremos ser o exemplo para eles, porque cada um aqui poderia estar em sua casa, deitado e não fazendo nada, entretanto decidimos que queríamos mais para a nossa vida e estamos indo em busca”, revela Izaías de Oliveira Santos, que já fez o segundo curso na “Universidade da Melhor Idade”.

Apesar de ser somente uma semana, o curso lhes proporciona certificação da USP, assim abrindo mais um caminho na vida de cada um deles.

As inscrições para as atividades do Projeto “Universidade da Melhor Idade” são abertas sempre no início dos semestres escolares (fevereiro e agosto). Por isso mesmo os responsáveis pelo CRI já trabalham para que mais vagas sejam disponibilizadas, assim atendendo novos idosos que frequentam o local.

Vale salientar que o curso frequentado pelos idosos teve a coordenação da Profa. Dra. Ester Silveira Ramos, além de aulas ministradas pelos professores Jorge Augusto Petroli Marchesi, Adriane Araújo de Oliveira, Júlia Andriotti de Castro, Anaíde Silva Sousa, Carolina Gennari Verruma, Marco Antonio Barbieri, Manuela Ramos Barbieri, Perla Pizzi Argenato, João Guilherme Saraiva Sanguini, Reginaldo Aparecido Vila, Thereza Taylanne Souza Loureiro Cavalcanti e Maria Paula Martins Januário.

 

Entrega de certificados

Uma confraternização para a entrega dos certificados aos participantes do curso aconteceu no Centro de Referência do Idoso (CRI), e também serviu para celebrar o encerramento das atividades do local em 2019. O evento contou com a participação de mais de 120 integrantes, que além de parabenizar os formandos ainda puderam se deliciar com café da manhã e chá da tarde.

“Quero parabenizar esses nossos formandos do curso de Genética da USP e destacar que iremos em busca de mais cursos na universidade para que os idosos interessados possam participar e se qualificar, além de ganhar um grande grau de instrução”, revela o secretário da Assistência Social de Cravinhos, Márcio Barroso.

O evento para a entrega dos certificados também contou com a presença dos professores do CRI.

Galeria de Fotos



  • Imprima
    esse Conteúdo
  • Envie para
    um amigo
  • Compartilhar
    o conteúdo
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Endereço Prefeitura Municipal de Cravinhos   Rua Tiradentes, nº 253   /   Bairro  -  Centro   /   CEP   -   14.140-000
Telefone: +55 16-3951.9900   /   Fale com o Prefeito: +55 16-99796.4613   /   E-mail: imprensa@cravinhos.sp.gov.br